AMIGAS DO VINHO

AMIGAS DO VINHO
MINHA DOCE MISSÃO A Confraria Amigas do Vinho foi fundada no dia 2 de agosto de 2003. É um confraria nacional, virtual, mas com encontros presenciais. A Confraria Amigas do Vinho é registrada, inclusive seu domínio e a sua logomarca. Nossa proposta é proporcionar encontros entre mulheres que apreciam degustar vinhos, de forma moderada, lúdica e descontraída. Nesses encontros, além de degustarmos vinhos também desfrutamos do intercâmbio pessoal, profissional, cultural e educacional.

domingo, 3 de junho de 2018

Monte Velho - 2016 , um bom português !

O vinho português Monte Velho sempre está presente na minha adega, pois é uma boa opção de vinho regional alentejano com um preço acessível da renomada Herdade do Esporão.

Castas regionais: Aragonez, Trincadeira, Touriga Nacional e Syrah 
Região: Alentejo (selo CVRA).

Cor vermelho rubi intenso.
Aromas de frutas vermelhas maduras, leve toque de baunilha, na boca revela-se muito encorpado, taninos com expressão e um final prolongado.

Produtor: Esporão S.A.
País: Portugal
Região: Alentejo
Safra: 2016
Tipo: Tinto
Volume: 750 ml
Uva: Aragonez, Trincadeira, Touriga Nacional e Syrah.
Teor Alcoólico: 13%

domingo, 27 de maio de 2018

Espumante Cave Amadeu Moscatel

Mais um Espumante Moscatel que gostei muito.
Leve, fácil de beber, doce na medida certa, muito aromático e agradável.
E da região de Pinto Bandeira, Serra Gaúcha. 
Única fermentação em tanques de Inox - método Asti.

Cor amarelo claro e transparente.
Aroma de frutas como lichia e maça.
Na taça boa intensidade de finas borbulhas persistentes.
Na boca é levemente doce e extremamente frutado, cremoso.
Temperatura de consumo: 4º a 6°C, ótimo acompanhamento para aperitivos e principalmente sobremesas.

Produtor: Cave Geisse
País: Brasil
Região: Pinto Bandeira
Safra: Não safrado
Tipo: Espumante 
Volume: 750 ml
Uva: Moscatel
Teor Alcoólico: 7,5%

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Feijoada & Espumante, Combina e Muito !

Feijoada & Espumante, combina e muito !

Já faz um tempo, que quando o assunto aqui em casa é Feijoada, já corro para a compra de um bom espumante.

A cerveja sai de cena, pois ela deixa o estômago pesado, a feijoada também é pesada pois demora 3 horas para ser digerida.

A minha receita de Feijoada é a básica light e vai o feijão preto, carnes suínas, linguiças, paio, cebola, alho e louro. Não podendo faltar a farofa, a couve e o molho a vinagrete com o caldo do feijão. 

A combinação simples Feijoada & Espumante surpreende muito, pois o prato que é muito gorduroso se une com a acidez elevada e o gás carbônico natural do espumante que ajudam a limpar as papilas gustativas.

O Brasil é um ótimo produtor de espumantes e existem vários rótulos de qualidade disponíveis no mercado, ficando muito fácil comprar com preço bom.

                       A escolha desta vez foi o espumante:
                         Aurora Pinot Noir Procedências

Método charmat, um bom espumante brasileiro, muito elegante.

Ideal para acompanhar uma feijoada.

Cor amarelo claro.
Aromas frescos, como morango.
Na taça perlage persistente.
Na boca apresenta cremosidade e frescor, com acidez marcante que o torna muito atraente.

Produtor: Vinícola Aurora
País: Brasil
Região: Bento Gonçalves
Safra: NV
Tipo: Espumante 
Volume: 750 ml
Uva: Pinot Noir 
Teor Alcoólico: 12%

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Degustação Vertical - Casa Valduga Storia Merlot, muito interessante !

E no início deste mês, participei de uma Degustação Vertical interessantíssima:


 Vertical Storia Casa Valduga.






À convite de Regina Colombo (Viajei no Vinho), que está muito empenhada neste tema com destaque ao Vinho Nacional e também de Tiago Pimentel, proprietário da Vinha Brasil, casa agradável de fácil localização e ambiente muito acolhedor.




Acolher foi também a turma presente, que já combinou de assinar uma garrafa e abri-la daqui uns anos.





Conduzindo esta degustação, tivemos a presença do competente Daniel Místico, sommelier da Casa Valduga que nos contou a história deste vinho ícone que é produzido apenas em safras excepcionais, corte de Merlot.





Safras da Noite: 2006 , 2008 ,  2010 e 2011, com Ficha Técnica para avaliação. 







2006.Bons taninos, boa acidez, muito equilibrado !







2008.Grande complexidade aromática, cereja madura e ameixa, foi o que eu mais gostei.Estrutura para evoluir ainda mais.











2010.Intenso, no final um toque de álcool, mas compensado com os taninos mais austeros.









2011.Muito equilibrada  a acidez, final persistente. Complexo.Pode deixar em garrafa por mais tempo.






A noite ainda teve o Vinho Misterioso, um nacional que surpreendeu todos:


Don Guerino - Reserva 2006 - Teroldego







Parabéns à todos nesta noite memorável ao Vinho Nacional !




Próxima Turma: 07/06

Serviço: Vinha Brasil - Rua Haddock Lobo ,  1327 Jardins - SP - Fone: 2339-4142